Ministério Público processa Partido Progressista por desvios na Petrobras

De acordo com o Ministério Público Federal, entre 2004 e 2014, dez políticos do Partido Progressista participaram de um esquema que teria desviado mais de R$ 400 milhões da Petrobras. Segundo a denúncia, os deputados recebiam propina em forma de mesada.

You may also like...