Medo da febre amarela provoca correria por repelentes em São Paulo | SBT Brasil (12/01/18)

Nas farmácias, os repelentes estão sumindo das prateleiras. Em uma rede, em São Paulo, as vendas aumentaram 30% nos primeiros dias de janeiro, em relação ao mesmo período do ano passado. O repelente ajuda, mas não substitui a vacina. E o jeito é enfrentar a fila. Nos postos de saúde da capital paulista, a espera é longa.

You may also like...