Cresce o número de denúncias de assédio sexual no transporte em SP | SBT Brasil (30/11/17)

De janeiro a outubro deste ano, o número de denúncias de assédio sexual no transporte público cresceu quase 40% na capital paulista. Foram 268 casos, 22 deles nos ônibus, o que nunca havia sido registrado. Um dos motivos apontados para o aumento é a capacitação de motoristas e cobradores, que foram treinados para apoiar as vítimas e denunciar os agressores. Para quem depende dos coletivos para se deslocar por São Paulo, o aumento da segurança é essencial.

You may also like...